sábado, 15 de dezembro de 2012

Musk na veia, a testosterona líquida.

Comprando a Água de (e em) Colônia JMF pro Amoremio.
O cheiro da pele...  esse perfume único, a assinatura da alma, de uma pessoa fala mais mais alto do que qualquer outra coisa quando conheço alguém. Claro que levei anos pra entender isso, no início acho que nem me dava conta direito de como o cheiro de alguém poderia ter tanta influência sobre mim, para o bem e para o mal. Lembram de Hamlet e "há algo de podre no reino da Dinamarca"? Ele tem toda razão, segundo meu narizinho. Leiam, devorem, entendam Hamlet... é mais do que uma obra de arte literária, é um verdadeiro manual de instruções para minha sua  nossa nada mole vida. Apurem o olfato, agucem e confiem nos seus  sentidos e instintos, especialmente os que dão sinal de alerta e não são facilmente explicáveis.
Começando um novo capítulo de elucubrações olfativas. Vamos de musk... 
Aaaaaaaah, se eles (os homens) soubessem que isso é nada mais do que testosterona líquida, ia ser um desastre. Ou não. O que estou relatando são as esquisitices do meu olfato, não quer dizer que se aplique a todas as pessoas, aviso dado. Claro que esse tipo de percepção é pessoal, varia muito, mas para mim... a mistura equilibrada entre a pele certa e um perfume com nota de musk tem um efeito mais forte do que 50 mil tons de cinza. Vibrante, atraente, sensual sem ser enjoativo, másculo, o musk é perfeito. Nem é bom ficar delirando muito sobre o tema... adiante. Para terem uma noção, consigo detectar seu odor  - natural ou não - característico em qualquer um, é um problema sério. O usuário em questão nem precisa ser um galã, exagerando para fins meramente ilustrativos... pode ser uma cruza mal feita de Zé Bonitinho com Zé do Caixão, se o musk combinar bem com a pele do mostrengo, sinto de longe. É um problema sério. Casamento só não abala geral pq realmente não sou desfrutável (como diriam nossas avós) e porque tenho em casa minha combinação mais que perfeita de pele masculina e musk, o amoremio. Sorte dele, sorte minha. Amigas, não se preocupem, não precisam esconder os maridos-namorados-galhos e afins, que nunca corri atrás de perfume alheio, kkkk. O fato de ter um nariz apurado não faz de mim uma ninfomaníaca descontrolada. Estamos combinadas? Melhor assim. Noves fora, que... por sorte, já consegui (sei lá como) dar uma controlada nesse olfato destemperado, o que me permite conviver em sociedade com educação e alguma elegância. Ninguém nunca-jamais me viu ou vai me ver fungando cheirando conhecidos ou desconhecidos por aí, euz ein!
Mas o que é esse tal de musk?
Bem, ele é a cabeça de uma das mais famosas famílias olfativas, dela faz parte todos os perfumes com notas almiscaradas e âmbares. Presença quase obrigatória em perfumes masculinos, seja como nota de coração ou de fundo, já que além de outras qualidades, equilibra os diversos componentes da fórmula  e é também um potente fixador. Reza a história que o musk original, de origem animal, vinha de uma glândula (chamada musk) do veado moschus almiscarado. O bichinho, lindo por sinal, vivia nas montanhas da Índia, Paquistão e cia, e infelizmente entrou em perigo de extinção por conta do seu precioso perfume. A sua procurada glândula musk - posicionada entre os órgãos genitais e o umbigo - produz uma substância oleosa, cor amarelo acastanhado e cheiro forte, é um afrodisíaco sem igual, conhecido desde tempos remotos... alguns afirmam que age em nossos ferônimos e se assemelha ao cheiro da testosterona humana. Pois é, nem te conto.
Engraçado isso dos perfumes masculinos terem por base o cheiro de um bambi, especialmente aqui onde esses animais são associados ao homossexualismo. O que não é a ignorância humana... aff. Seguindo com causo. Felizmente a caça do pequeno animal foi proibida e alternativas vegetais e sintéticas foram descobertas. Alívio geral pra platéia, podem usar os perfumes sem dó, sejam ou não defensores da natureza. Como substituto do musk animal, e com características bem semelhantes, existem os almíscares e âmbares e os produtos sínteticos, como os polímeros macrocyclic. O primeiro produto sintético foi descoberto meio que por acaso, pelo cientista Albert Baur, enquanto fazia experiências com TNT. É, o musk é explosivo, rs. O produto final - nitromusk -acabou tendo seu uso proibido por ser instável. Imagina o perigo...
A verdade é que mais da metade da população não sente o cheiro (mas percebe o "algo mais") dos atuais musks, por isso os perfumistas hoje fazem verdadeiras poções misturando vários elementos de nota almiscarada na busca do efeito produzido pelo musk verdadeiro. Haja plantação de angélicas, almíscar, albemosk, ambrette e cia. Ah, os musks sintéticos são conhecidos como almíscares brancos. Diria que são brandos, como se fossem uma cópia fake do original. Dá pra usar mas... quem conhece sabe a diferença.
O segredo é achar O seu perfume ideal. Equilíbrio é tudo.
Nem preciso dizer que meu olfato faz parte do grupo que percebe a presença do musk nos perfumes. Mais que isso...  percebo o musk natural da pele e o do perfume. Ah, notinha aos navegantes... musk demais não é bom, desanda. Como vinho que passa do ponto, o musk em excesso avinagra, fica horrível. Uma pessoa com alto teor de musk natural não pode usar um perfume com mais elementos desse grupo olfativo, fica insuportável. Quer um exemplo? Os marombeiros de academia, não sei se a culpa é das famosas "bombas" que usam para inflar os músculos, mas garando... o aroma deles chega a me doer de tão azedo. Como em tudo na vida, o que importa é o equilibrio! Não exagerem, meninos!  É evidente que não saio por aí dando aconselhamento para as pessoas na rua, muito menos para homens... mas fica a dica, não carreguem no tom do almíscar se já tiver (ou estiver) com a testosterona no ápice. Em vez de atrair vai espantar. Como saber seu nível de musk natural? Não sei, sinto muito. Meu nariz sabe, mas ele não está disponível para aluguel.  Se pudesse dar um conselho seria, evite perfumes com musk no verão, abuse deles no frio. Quando o clima estiver quente, faça uso de notas mais verdes e frescas, e se possível... abuse de perfumes que contenham lavanda, a alfazema. Sim, a alfazema equilibra-se perfeitamente com a pele masculina. Poucos sabem e fazem uso dela. Uma pena...
Um musk bem balanceado não tem erro.
Por fim, como sou muito boazinha, segue a indicação de perfumes com musk na fórmula: Azzaro (um clássico), Wild Berry Blosson, Cashemere Musk,  Profvmo de Musc Bleu, Narciso Rodrigues por Her (bom!), 212 Men e 212 Sexy Men,  CK One, Fahrernheit,  Moshino Forever e o Musk da Avon. Não desdenhem desse vidrinho velho e sem graça da Avon, o conteúdo é de primeira classe e faz bonito frente aos novos e mais caros perfumes da lista. Lembrando sempre que... o perfume sozinho não faz milagre, é a mistura final dele com a pele do usuário que conta. Quanto aos perfumes para equilibrar os que já são naturalmente calientes (especialmente sob o calor tropical) recomendo: Eternity for Men, Dior Homme, Brut (quem não conhece?), Paco Rabanne pour Homme, Herrera Acqua, Água de Colônia 4711 e o magnífico, campeão absoluto, the best & the one: Água de Colônia de Johann Maria Farina, produzida desde 1709, um luxo! Esse perfume em particular, um dia ganha um post só dele... de tanto que adoro.Viram a primeira fotinha? Yeah! Sou eu mesma em Colônia - Alemanha comprando o presente pro maridex. Amor é tudo de bom.
Ah, se um dia , por acaso, estiver passeando como quem não quer nada pelo lado turco de Chipre (Mediterrâneo) e encontrar um velhinho com cara de feiticeiro vendendo essências numa esquina, experimente pedir um vidrinho de musk. Vai que ele ainda tem? Tive sorte, consegui o meu há exatos 12 anos, uso com máximo cuidado. Vale ouro, ou melhor... mais que ouro. Tivemos um pequeno desentendimento, pois ele me queria vender essência de rosa (argh, eca!) quando soube que quem queria o musk era eu. Demorou um pouco para explicar que eu queria, mas que quem usaria era o maridex. Depois disso o turco bruxovéio e encrenqueiro aceitou a venda. Vai entender esse povo? Sim, deixei de lado qualquer preocupação ecológica e sou responsável pela morte de algum bambi almiscarado das bandas orientais.
Meu narizinho informa que não sente nem remorso nem culpa. Sorry, ele não é bento.

3 comentários:

  1. hahaha... eu adoro musk também. Na minha vida passada, tive um namorado que só usava um perfume fortissimo onde o musk chegava primeiro que qualquer outra nota aromática. Engraçado como cheiro marca, né?
    Eu reconheço o perfume da minha avó, das minhas tias ( todas já se foram), e de muitas outras pessoas. mas sou volúvel, nao tenho nenhum relacionamento de exclusividade com fragrancia nenhuma. tenho dezenas de perfumes. ADORO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Musk é tudibom, rs. Também sou volúvel (e consumista) com perfume. Amo de paixão o L'Eau d'Issey mas tenho uma coleção de dar gosto... preciso e gosto de variar aromas. Tem um post antigo em que falo sobre os meus preferidos.

      Excluir
  2. Que post interessante,eu adoro perfumes, eles sempre me fazem lembrar de alguém ou de algum acontecimento,é uma memória associativa mesmo.Não tenho um perfume favorito,nunca fui fiel a nenhum,apesar de achar o máximo aquelas pessoas que têm o seu perfume como marca registrada, e basta aproximar-se delas pra reconhecer logo aquele cheirinho.. Eu alterno os perfumes conforme o meu momento,nem tenho muitos,sou de poucos mas bons,a única coisa é que não suporto fragrâncias adocicadas,dou preferência aos cítricos...
    Ah,a tua foto tá linda..
    Bjs!

    ResponderExcluir

Falaê...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...